top of page
Buscar

Fazenda da Grama contrata energia solar da Trix Energia e Sun Mobi

Empreendimento imobiliário pretende até a metade deste ano ter 100% de energia renovável no abastecimento das áreas comuns.

Imagem: Divulgação


O condomínio residencial Fazenda da Grama, localizado em Itupeva, Interior de São Paulo, contratou recentemente a Trix Energia, comercializadora varejista que atua no mercado livre de energia, para fornecimento de energia renovável às conexões em alta tensão do complexo.


Além disso, o condomínio tem contrato com a Sun Mobi, enertech de serviço de assinatura de energia solar, que fornece créditos fotovoltaicos para as áreas conectadas na baixa tensão.


O condomínio pretende tornar-se referência no seu segmento, no que se refere a gestão ESG (sigla em inglês para gestão ambiental, social e de governança), em que um dos pilares é o uso de energia dita “verde”, renovável, para abastecimento das áreas comuns do complexo: academias, piscinas, sede administrativa, quadras esportivas, ambientes de esportes aquáticos e espaços gastronômicos, além de praia artificial, agrofloresta, campo de golfe e estrutura própria de saneamento para tratamento de água e esgoto.


Juntos, os contratos com a Trix e a Sun Mobi garantem economia média mensal entre 15% e 20% na conta de luz das áreas comuns.


A Sun Mobi abastece nove unidades consumidoras do complexo, com o fornecimento de cerca de 67 MWh/mês.


Já a Trix passa a entregar cerca de 173 MWh/mês em energia renovável certificada aos pontos de alta tensão, o que também abrange três unidades consumidoras do local.


As empresas fornecem serviços de acompanhamento em tempo real do consumo de energia, disponibilizando informações sobre o comportamento das unidades consumidoras em relação gastos de energia dos equipamentos.


O monitoramento, objetiva estimular a adoção de medidas de eficiência energética de maneira a reduzir o consumo nos locais.


Além do uso da energia renovável e da estrutura própria de saneamento básico, o condomínio possui gestão ambiental de resíduos sólidos, com coleta seletiva e programas de educação aos moradores e comunidade, e um projeto agroflorestal para cultivo e treinamento dos colaboradores e associados.


No caso social, há diversas iniciativas de apoio a educação no contraturno, formação de mão de obra e cursos profissionalizantes nas comunidades locais. O condomínio conta com 505 lotes, sendo que 150 casas já estão prontas e 120 estão em construção.


Fonte: Fotovolt

תגובות


bottom of page