top of page
Buscar

ONS Inclui Dados de GD nas Análises do Programa Mensal de Operação

Operador optou por incluir os dados por conta do grande aumento da carga da geração distribuída.

Os boletins do programa mensal de operação (PMO), divulgados semanalmente pelo ONS - Operador Nacional do Sistema Elétrico, passaram a incorporar em suas análises os montantes de energia da micro e minigeração distribuída (MMGD).


Imagem: Divulgação


A novidade começou a valer a partir da semana operativa de 29 de abril a 5 de maio.


Para o operador, a decisão em considerar o fator da MMGD nas análises tem a ver com a expansão desse tipo de carga em todo o País.


E isso à revelia do fato de a geração distribuída não ser supervisionada pelo ONS, já que suas micro e miniusinas são conectadas diretamente na rede de distribuição e não no sistema de transmissão, onde poderiam estar sob a supervisão do órgão.


Na avaliação do ONS, a inclusão da carga de GD vai trazer mais assertividade na coordenação das atividades para o atendimento das demandas do SIN.


Isso especialmente nos momentos em que a geração distribuída for reduzida, em dias nublados e no período noturno. Para o mês de maio, o bloco de MMGD considerado será de 2.917 MWmed.


Os cenários prospectivos para maio, segundo o PMO, apontam crescimento de 4,4% (72.626 MWmed) na demanda de carga no SIN.


O comportamento de expansão também é estimado para todos os subsistemas. A região Norte, com 13,6% (7.001 MWmed), e o Nordeste, com 4,6% (12.012 MWmed), têm a perspectiva de percentuais de avanços mais expressivos.


Para o Sudeste/Centro-Oeste, a aceleração pode chegar a 3,4% (41.330 MWmed) e no subsistema Sul a 2,5% (12.283 MWmed). Os dados apresentados são projeções para 31 de maio, comparados a maio de 2022.


Fonte: Fotovolt


留言


bottom of page