top of page
Buscar

Centro-Oeste tem o retorno mais rápido em GD solar

Segundo análise do Portal Solar, sistemas fotovoltaicos na região se pagam em três anos e três

Segundo análise do Portal Solar, franqueador para venda de equipamentos solares, as instalações de geração distribuída solar nas residências da região Centro-Oeste têm o tempo de retorno do investimento mais rápido do Brasil.


Imagem: Divulgação


O levantamento aponta que os sistemas fotovoltaicos na região se pagam em três anos e três meses, com uma vida útil dos equipamentos de 25 anos.


De acordo com os dados, nas casas no Centro-Oeste com gasto médio mensal de R$ 500 na conta de luz, a instalação de um sistema fotovoltaico no telhado custaria em torno de R$ 25,2 mil.


Mas o pay-back para as residências das demais regiões do País também têm tempo médio de retorno atrativo, segundo a análise. No Nordeste, são em três anos e seis meses.


No Norte, o tempo é de três anos e oito meses e, no Sul e Sudeste, a média é de quatro anos e dois meses e quatro anos e oito meses, respectivamente.

Além disso, para o Portal Solar, a remuneração prevista para as distribuidoras de energia pelo serviço prestado, conforme o marco legal de GD, não afetará o a rentabilidade operacional das usinas.


O impacto no retorno do investimento em sistemas fotovoltaicos, segundo a análise do portal, fica irrelevante, alongando o tempo em apenas alguns meses.


A variação será entre um e quatro meses com a nova lei, tanto para residências quanto para estabelecimentos comerciais.


No caso das residências no Centro-Oeste, o tempo de retorno ficou com apenas dois meses de diferença.


Fonte: Fotovolt


Comments


bottom of page